top of page

Atores LGBT alemães saem do armário em massa em defesa da diversidade


Um grupo de 185 atores LGBT alemães encenou uma apresentação em massa em um jornal nacional na sexta-feira em um apelo por mais diversidade nos mundos da TV, cinema e teatro.


Os atores gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros publicaram um manifesto conjunto no Sueddeutsche Zeitung pedindo uma mudança nas atitudes e mais personagens LGBT nos roteiros.


“Até agora, não conseguimos falar abertamente sobre a nossa vida privada sem temer repercussões na nossa vida profissional”, disseram.


Entrevistados pelo jornal, muitos disseram que foram advertidos a não declarar sua sexualidade porque isso os impediria de serem considerados para papéis heterossexuais.

“Somos atores. Não temos que ser o que interpretamos. Agimos como se fôssemos - esse é o nosso trabalho”, disseram.


Eles também condenaram a super-representação de homens brancos heterossexuais tanto dentro quanto fora da tela.


Os entrevistados incluíram Eva Meckbach, 40, conhecida por seus papéis no filme "Home for the Weekend" de 2012 e na série criminal cult "Tatort".


“A realidade deveria ser tão diversa na tela quanto na vida real ... A sociedade é muito mais ampla e diversa do que pensam os tomadores de decisão”, disse ela.


Karin Hanczewski, 39, outra estrela de "Tatort", disse: "Quando falamos sobre isso como um grupo, de repente ficou claro que era assim que poderia mudar algo - como um grupo, como um grande grupo".

Fonte: (ARTS24)

0 visualização0 comentário
bottom of page