top of page

Jonathan Bailey, ator de Bridgerton, falou sobre as dificuldades de ser gay na indústria do entreten


Enquanto a fama de Jonathan Bailey cresceu a partir de sua aparição na Netflix com o papel de Anthony na série de sucesso Bridgerton, o ator de 32 anos teve uma extensa carreira desde 1997. Seu histórico inclui um conhecimento comprovado de uma indústria pela qual se preocupa. Ele teve que se adaptar até que se declarasse gay. Em entrevista, ele falou sobre o assunto e analisou como são tratados os atores de sua sexualidade.


Bailey ficou mais conhecido por interpretar Leonardo da Vinci na série britânica do CBBC, Leonardo. Quando sua popularidade começou a crescer, ele era abertamente homossexual e a situação não o afetou a princípio. No entanto, ele começou a perceber que os artistas gays não tinham papéis principais.

"Acho que não deveria importar o personagem que o ator interpreta, mas é claro que há uma narrativa muito clara de que homens assumidamente gays não estão desempenhando papéis principais", ele denunciou em declarações ao Digital Spy e expressou preocupação em ver colegas heterossexuais atuando papéis gays icônicos.

O intérprete de Anthony, o personagem heterossexual de Bridgerton, indicou que "atores gays estão sendo caçados", mas para entrar em papéis menores nas produções. "Isso é brilhante de certa forma porque diz que estamos encorajando falar sobre sexualidade, mas também mostra que a sexualidade está se tornando uma mercadoria", disse ele.

Além disso, ele resumiu a intenção da indústria em uma frase: "eles querem que você seja gay, mas não muito gay." Finalmente, ele expressou seu desejo de que haja uma verdadeira igualdade no ambiente artístico. “Realmente deve haver uma sensação de que os estúdios estão contratando atores gays para interpretar personagens gays ou heterossexuais”, concluiu.


Fonte: (SPOILER)


110 visualizações0 comentário
bottom of page